El Rondo #11 | Betis, Valencia e Espanyol, os clubes sem rumo

Nesta terça (30), viajamos até Espanha para falar sobre os conturbados momentos nos projetos de Real Betis, Valencia e Espanyol

La Liga está chegando na sua reta final. Após 32 rodadas, estamos observando projetos que se encerram, mas sem um rumo ou horizonte positivo à frente. No El Rondo #11, Gabriel Corrêa conversa com Smack Neto e Vinicius Dutra sobre os complicados momentos de Real Betis, Valencia e Espanyol.

Faça parte do Footure Club, apoie este podcast e receba conteúdos exclusivos diariamente por R$12 mensais

No Benito Villamarín, o projeto de sucesso do Real Betis iniciou a partir da chegada de Quique Setién. O problema é que, após a classificação para Liga Europa, as exigências começaram a aumentar e, mesmo que tivessem boas atuações, a equipe não passou do 10º lugar na temporada seguinte.

A chegada de Rubi parecia manter os rumos após a saída de Quique, mas ao que parece, faltou dar aquele salto. O que aconteceu? As contratações foram erradas? O que deverá fazer o clube?

Na cidade de Valencia, los ches viviam um conto de fadas após a conquista da Copa do Rey em cima do Barcelona e a classificação para Liga dos Campeões na última rodada da Liga 18/19. O casamento entre torcida, elenco e Marcelino Garcia Toral parecia perfeito… parecia.

O mandatário Peter Lim, não concordando com algumas decisões de campo de Marcelino, aliado a não buscar reforços pedido pelo treinador, acabou por demití-lo. Para o seu lugar, Albert Cellades. No início, boas vitórias – inclusive na UCL -, mas sem manter a constância. Demitido ontem (29), o clube parece não ter um rumo certo. E agora?

Por fim, a situação mais complicada: o Espanyol. Apesar do momento complicado no rival Barcelona, o “primo pobre” da Catalunha não pode fazer brincadeiras. Atualmente na lanterna da Liga, foram quatro treinadores durante a temporada, contratações desesperadas e um caminho para Liga 1|2|3 que parece sem volta.

Mas por que a equipe de tanto sucesso com Rubi na última temporada sucumbiu? É um caminho sem volta? Como fazer se o rebaixamento se concretizar?

Então agora prepare sua paella, aperta o play e confira mais uma invasão na Espanha com El Rondo #11.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

CÓDIGO BR #146 | POSSÍVEIS NOVIDADES NA PRIMEIRA CONVOCAÇÃO DE DORIVAL NA SELEÇÃO

CÓDIGO BR #146 | POSSÍVEIS NOVIDADES NA PRIMEIRA CONVOCAÇÃO DE DORIVAL NA SELEÇÃO

The Pitch Invaders #312 | Helena Costa

The Pitch Invaders #312 | Helena Costa

Código Euro #52 | Os confrontos de ida das oitavas da Champions

Código Euro #52 | Os confrontos de ida das oitavas da Champions

CÓDIGO BR #145 | INÍCIOS DE GRÊMIO, FORTALEZA E CAP, E A MÁ FASE DO BOTAFOGO

CÓDIGO BR #145 | INÍCIOS DE GRÊMIO, FORTALEZA E CAP, E A MÁ FASE DO BOTAFOGO

Footure EXE #04 | Bruno Costa [Executivo do Fortaleza]

Footure EXE #04 | Bruno Costa [Executivo do Fortaleza]

CÓDIGO EURO #51 | A VOLTA DA CHAMPIONS LEAGUE

CÓDIGO EURO #51 | A VOLTA DA CHAMPIONS LEAGUE

FOOTURE.EXE #3 | ANDRÉ ZANOTTA, CSO DO FC DALLAS

FOOTURE.EXE #3 | ANDRÉ ZANOTTA, CSO DO FC DALLAS

CÓDIGO EURO #50 | DESPEDIDAS DE KLOPP E XAVI

CÓDIGO EURO #50 | DESPEDIDAS DE KLOPP E XAVI

CÓDIGO BR #143 | MERCADO E INÍCIOS DE FLA, FLU, SANTOS E ATLÉTICO

CÓDIGO BR #143 | MERCADO E INÍCIOS DE FLA, FLU, SANTOS E ATLÉTICO

CÓDIGO BR #142 | A VOLTA DO FUTEBOL BRASILEIRO

CÓDIGO BR #142 | A VOLTA DO FUTEBOL BRASILEIRO

THE PITCH INVADERS #311 | THIAGO FREITAS

THE PITCH INVADERS #311 | THIAGO FREITAS

FOOTURE.EXE #02 | PEDRO MARTINS, DIRETOR DE FUTEBOL DO CRUZEIRO

FOOTURE.EXE #02 | PEDRO MARTINS, DIRETOR DE FUTEBOL DO CRUZEIRO

Código Euro #49 | Sorteio das oitavas da Champions e projeção dos confrontos

Código Euro #49 | Sorteio das oitavas da Champions e projeção dos confrontos

THE PITCH INVADERS #310 | CLÁUDIO TENCATI

THE PITCH INVADERS #310 | CLÁUDIO TENCATI

Código Euro #48 | Desfecho dos grupos da Champions e a crise do Manchester United

Código Euro #48 | Desfecho dos grupos da Champions e a crise do Manchester United