A chegada de Chicharito ao LA Galaxy completa um antigo sonho da MLS

Pensando no mercado latino e em reforçar a rivalidade entre as equipes da Califórnia, MLS finalmente consegue colocar Chicharito na liga

No dia 21 de janeiro, a notícia que todos esperavam finalmente foi anunciada: o Los Angeles Galaxy anunciou a contratação de Javier “Chicharito” Hernández. A chegada do atacante mexicano concretiza um longo e turbulento relacionamento da Major League Soccer. O jogador sempre foi um sonho da liga e sua chegada mostra que as ambições da MLS não devem diminuir com o passar dos anos.

O nome de Chicharito era especulado na MLS há anos. Quase todos os times da liga sonharam, em algum momento, com sua chegada. A cada mudança de clube de Chicharito na Europa, seu nome ganhava força nos Estados Unidos e os jornalistas especulavam em qual clube ele chegaria. O Los Angeles Galaxy, claro, por sua força e por estar na Califórnia, sempre foi um dos favoritos.

Após a saída de Ibrahimovic, o Galaxy buscava um nome de peso para reforçar seu elenco e foi, com tudo, atrás de Chicharito. Inspirada no sucesso de Carlos Vela no rival Los Angeles FC, a equipe acirra a rivalidade na busca pelo mercado latino, especialmente na Califórnia, estado estadunidense que faz fronteira com o México. A disputa é, de alguma forma, um sonho antigo da Major League Soccer – e também o de todos que acompanham a liga.

Reprodução/Instagram

Se Vela deu tão certo no LAFC, em campo e fora dele, Chicharito também pode alcançar esse feito. Assim como o compatriota, Javier Hernández passou por diversos clubes europeus nos últimos anos. Depois de sua saída do Manchester United, passou por Real Madrid, Bayer Leverkusen, West Ham e Sevilla, mas sem repetir o mesmo sucesso que teve no clube inglês. A passagem pela MLS pode ser o seu ressurgimento, como foi com Vela.

Com três anos de contrato, e sendo o jogador mais bem pago da liga, Chicharito terá a obrigação de render bem em campo e fazer o Galaxy voltar a brigar por títulos. Ao seu lado, Jonathan dos Santos e Cristian Pavón deve ser seus ajudantes. Mesmo assim, a liderança incontestável deve ser fora das quatro linhas, sendo o mais requisitado para entrevistas ou em vendas de camisas. E é isso que a MLS provavelmente vai explorar ao longo da temporada, fortalecendo a já acirrada rivalidade com o LAFC.

Resumindo, a chegada de Chicharito é o sonho da MLS. Coloca-se de vez no mercado latino, chama a atenção do vizinho México, e fortalece a recente rivalidade dos rivais californianos. O investimento, porém, terá que se pagar em campo ou será lembrado nos EUA como um fracasso, assim como Lampard ou Pirlo, por exemplo. É a vez de Chicharito renascer para o futebol.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Pedro Luis Cuenca

Últimas Postagens

Power in Motion: o projeto de restabelecimento do Dínamo de Moscou
Caio Nascimento

Power in Motion: o projeto de restabelecimento do Dínamo de Moscou

0 Comentários
Em sua primeira final europeia da história, o Villarreal desbanca o Arsenal nas semis da Europa League
Bruna Mendes

Em sua primeira final europeia da história, o Villarreal desbanca o Arsenal nas semis da Europa League

0 Comentários
A coerência no Chelsea de Thomas Tuchel e no City de Pep Guardiola
Lucas Filus

A coerência no Chelsea de Thomas Tuchel e no City de Pep Guardiola

0 Comentários
O que fez Darío Sarmiento chamar a atenção do Manchester City?
Dimitri Barcellos

O que fez Darío Sarmiento chamar a atenção do Manchester City?

0 Comentários
Paul Pogba pode ser o primeiro ‘reforço’ do United para a próxima temporada
Lucas Filus

Paul Pogba pode ser o primeiro 'reforço’ do United para a próxima temporada

0 Comentários
A vez da geração 2004: conheça Matheus Nascimento, Cowell, Sesko e Demir
Caio Nascimento

A vez da geração 2004: conheça Matheus Nascimento, Cowell, Sesko e Demir

0 Comentários
Por que João Pedro é a tábua de salvação para o Cagliari
Caio Bitencourt

Por que João Pedro é a tábua de salvação para o Cagliari

0 Comentários
Biotipo, velocidade de raciocínio e tomada de decisão: o que é a intensidade no futebol
Caio Alves

Biotipo, velocidade de raciocínio e tomada de decisão: o que é a intensidade no futebol

0 Comentários
Knappenschmiede: a histórica forja do Schalke 04 em meio a turbulência existencial do clube
Caio Nascimento

Knappenschmiede: a histórica forja do Schalke 04 em meio a turbulência existencial do clube

0 Comentários
Campeão da Copa do Rei, Barcelona domina o Athletic e busca o doblete
Bruna Mendes

Campeão da Copa do Rei, Barcelona domina o Athletic e busca o doblete

0 Comentários
O que a contratação de Alexandre Gallo pode aportar ao Santa Cruz?
Jonatan Cavalcante

O que a contratação de Alexandre Gallo pode aportar ao Santa Cruz?

0 Comentários
4 histórias para se observar na fase de grupos da Libertadores 2021
Dimitri Barcellos

4 histórias para se observar na fase de grupos da Libertadores 2021

0 Comentários
Raúl Bobadilla e Abel Hernández: conheça os novos centroavantes do Fluminense
Gabriel Corrêa

Raúl Bobadilla e Abel Hernández: conheça os novos centroavantes do Fluminense

0 Comentários
Kayky, Galarza, Nestor, Kaiky, Rodrigo Varanda e o semestre animador dos garotos da base brasileira
Caio Nascimento

Kayky, Galarza, Nestor, Kaiky, Rodrigo Varanda e o semestre animador dos garotos da base brasileira

0 Comentários
As transições da Inter que as deixam na cara do gol (e do Scudetto)
Caio Bitencourt

As transições da Inter que as deixam na cara do gol (e do Scudetto)

0 Comentários