As principais características de Hércules, destaque do Fortaleza

Artilheiro do Brasil entre os volantes, Hércules começa o Brasileirão novamente como destaque do Leão do Pici.

Destaque do Fortaleza desde 2022, quando subiu para a equipe principal, o volante Hércules tem sido uma das principais peças do Leão nessa temporada — tanto que o Tricolor já recebeu sondagens pelo jovem antes do fechamento da janela. Hércules tem sido vital para o funcionamento da pressão do FEC e sua dupla com Caio Alexandre afeta diretamente o Fortaleza com e sem a bola.

Com cinco gols em 2023, Hercules é o volante que mais balançou as redes no país desde que virou titular no Fortaleza ano passado. Usando de seu bom porte físico, o volante tem muita facilidade para pisar na área, em lances de transição ou ataque posicional, chegando em alta velocidade para finalizar e também se colocando em zonas menos povoadas para aproveitar situações de rebotes da defesa adversária. Hercules possui uma boa infiltração principalmente no espaço entre o lateral e o zagueiro.

Hercules possui um bom biotipo. O jovem tem boa altura, sua pernas são longas e sua passada larga ajuda-o a percorrer longas distâncias. Seu nível de força é interessante também, permitindo-o manter-se competitivo em situações de disputas mais físicas. Seu nível de velocidade é bom, devido seu bom primeiro arranque e velocidade média, consegue puxar bem contragolpes, sendo uma arma em transição. Precisa melhorar no jogo aéreo. 

Uma qualidade de Hércules que vale destacar, é sua capacidade em desarmar rapidamente os adversários. O volante do Tricolor possui pernas rápidas para executar movimentos de desarme, tornando-o uma peça chave em lances de 1×1 defensivo. Mas para além da velocidade, o jovem tem uma boa postura corporal, o que também ajuda-o nessa execução de desarmes, além de fazer boas leituras, sem se afobar para tentar dar o bote.

O atleta é o principal nome do Leão do Pici em pressão no campo rival. Hércules consegue cobrir rapidamente as áreas de campo do adversário, além de pressionar bem os rivais ao receberem a bola de costas. Como citado anteriormente, tem pernas ágeis para desarmar, o que facilita a execução de movimento próximo ao gol do adversário.

O volante também usa sua velocidade para realizar coberturas após seus companheiros serem superados nesses lances de pressão. Além de permiti-lo chegar rapidamente a defesa do Fortaleza para ajudar a última linha de defesa.

Aos 22 anos, o volante ainda mostra que tem espaço para crescimento. Principalmente com relação a sua bola longa. Com uma multa milionária, a tendência é que Hércules seja a maior venda história do Fortaleza.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista