Enzo Fernández, o novo sócio de Messi na Argentina

A entrada de Enzo Fernández na equipe potencializou Lionel Messi e ajudou a equipe de Lionel Scaloni a classificar as oitavas de final da Copa do Mundo

Depois da derrota para a Arábia Saudita, a Argentina vivia momentos de tensão na Copa do Mundo. Enfrentaria, em sequência, México e Polônia com chances de ser eliminada logo na segunda rodada. Foi então que o treinador apostou por Enzo Fernández, o jovem do Benfica que vivia grande fase no clube e pedia passagem na principa.

É claro que a lesão de Lo Celso e o momento ruim de Leandro Paredes, trouxeram dificuldades para Lionel Scaloni encontrar os substitutos ideias na Argentina. Porém, foi assim que Mac Allister e Enzo acabaram ganhando minutos importantes e rapidamente se tornaram importantes.

A influência do camisa 24 é nítida mesmo com pouco tempo vestindo a camisa da Argentina na Seleção. Dentro de campo, seus números atuando como um todo campista são:

91.7% de acerto nos passes;

88.9% de acerto em passes para o último terço;

1 gol;

1 assistência.

Dados do WyScout

Sem a presença de Enzo Fernandéz, Lionel Messi recuava para iniciar as jogadas ou buscar passes entrelinhas mais que o habitual. Além disso, a Argentina teve dificuldades para circular a bola e achar espaços contra defesas mais fechadas, retardando a infiltração.

Com a presença de Enzo Fernández — seja como titular ou nos minutos entrando —, o camisa 24 consegue conectar Messi em zonas mais adiantadas do campo e liberar o camisa 10 para estar próximo do gol e potencializando ainda mais suas características.

Como se jogassem juntos há anos, Messi e Enzo criaram uma conexão. Ainda bem que Messi ficou. Hoje, quem agradece é a referência. O aprendiz cresceu, se tornou um dos volantes mais promissores do mundo e agora é titular da Argentina em uma Copa. Divirta-se, Enzo!


Confira a integra da carta escrita por Enzo Fernández a Lionel Messi em 2016, quando ele tinha apenas 15 anos:

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista