Por quê o Sport sofre tantos gols com Claudinei Oliveira?

Os erros de tática individual e coletiva são algumas das causas do alto número de gols levados

O Sport se notabilizou por ter uma defesa sólida na Série B. Nos primeiros 19 jogos da competição, a equipe rubro-negra sofreu apenas 8 gols. No entanto, com a sequência de mudança no comando técnico o Leão perdeu a solidez. No recorte das últimas 12 rodadas, o time foi vazado 18 vezes. Uma média 1,5 gols por partida.

Mas o que mudou? Falha individual ou falha coletiva? Ao analisar os 18 gols sofridos, observa-se que 50% tem como origem o cruzamento na área. Seja com a bola rolando ou a partir de uma cobrança de bola parada. Com a bola rolando, o Sport sofreu 7 gols: Ituano (2), Sampaio Corrêa, Guarani, Criciúma, CRB e Grêmio. Já com a bola parada os outros dois gols foram marcados por Ituano e Sampaio Corrêa.

Análise tática dos problemas defensivos do Sport

Ao se aprofundar nos 9 gols com origem em cruzamentos, alguns padrões de comportamento coletivo e individual foram identificados. Dentre eles, destaca-se a dificuldade dos atletas de defesa em dividir referência. Ou seja, manter a atenção na bola e no adversário. No primeiro gol do Ituano, por exemplo, existe um erro de encaixe de marcação de Fabinho que gera uma situação de 2×1 em cima de Ewerthon. Com isso, o time paulista consegue progredir no campo e realizar o cruzamento. E neste momento, Sander perde referência com o adversário e é surpreendido.

Além da dificuldade para mapear as costas e dividir referência entre a bola e o adversário, o Sport apresentou erros de encaixe de marcação, situações de inferioridade numérica no setor da bola, falta de pressão na bola e erros individuais.

Assista a análise completa dos problemas defensivos do Sport:

Os problemas táticos defensivos do Sport
Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista