Jacob Ramsey: uma futura estrela da Premier League

Aliando físico e qualidade técnica, o jovem Jacob Ramsey, de 22 anos, fez uma grande temporada pelo Aston Villa.

Oriundo da base do próprio Aston Villa, Jacob Ramsey foi um dos principais destaques de um dos times sensações da Premier League em 2022/23. Aliando capacidade física e qualidade técnica impressionantes, o jovem de 22 anos recém completados já era um dos principais jogadores dos Villans mesmo antes da chegada de Unai Emery, sendo dos poucos pontos positivos da equipe dirigida por Steven Gerrard ainda no início da temporada.

Em 35 jogos realizados no Campeonato Inglês, marcou seis gols e deu sete assistências, finalizando a campanha com envolvimento direto em sete dos últimos 11 gols do Villa na EPL.

Seus números claramente melhoraram sob o comando de Emery, que ajustou o time e criou um entorno mais favorável ao camisa 41. Dentro do 4-4-2/4-2-2-2 do treinador espanhol, Ramsey, sem ser um extremo puro (é interior de origem), atuou nas duas pontas, mas sendo utilizado na maioria das vezes na esquerda. Por não ser exatamente um winger, seu jogo fica mais concentrado no centro-esquerda, partindo de fora para dentro, demonstrando habilidade para jogar em espaços reduzidos e desequilibrar em transição após recepções entre linhas e giros.

Com 1,80 de altura, tem boa agilidade gestual que o ajuda a “driblar com o corpo” para se livrar do marcador, mudar o ritmo e eliminar pressões em condução. Versátil e próximo do completo pelo que entrega com bola, é um bom efetivo em pressão justamente a partir de sua agressividade em fase defensiva. No entanto, sabe medir bem os momentos de quando saltar para o bote (possui bom pé para divididas) e ser agressivo ou quando deve preencher espaços e realizar ajudas/coberturas.

Apesar dos números ainda não serem impressionantes, Jacob Ramsey possui boa criatividade no último terço do campo. É um jogador criterioso buscando um passe, possui raciocínio rápido que pode ser visto em key passes onde lança companheiros ao espaço (após a retomada) com poucos toques. Ele também é uma ameaça pisando na área em situações em que inicia a jogada se associando e posteriormente ataca o “ponto do pênalti”.

A tendência é que essa criatividade seja traduzida em suas estatísticas na próxima temporada caso permaneça sendo utilizado mais próximo do gol. Será mais um forte indício que o Aston Villa tem em Jacob Ramsey uma potencial estrela da Premier League.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista