O Bologna de Thiago Motta

O Bologna de Thiago Motta tem sido um dos destaques do futebol europeu nessa temporada.

O Bologna é uma das principais histórias da temporada europeia em 2023/24. Na quarta colocação do Campeonato Italiano com 51 pontos, os comandados pelo ítalo-brasileiro Thiago Motta estão em uma sequência invicta nos últimos sete jogos, tendo vencido os últimos cinco. Além disso, a equipe conta com apenas quatro derrotas na Série A, sendo o segundo time que menos perdeu na competição, atrás apenas da líder Inter de Milão.

Em números gerais, o Bologna marcou 41 gols, sofreu 24, possuindo o sétimo melhor ataque e a terceira melhor defesa do Calcio.

Os números expressivos se tornam mais impressionantes se considerarmos que a equipe rossoblu não conta com nomes expressivos em seu plantel, engrandecendo ainda mais o trabalho realizado por Thiago Motta no estádio Renato Dall’Ara.

Como joga o Bologna?

As fases ofensivas da equipe de Thiago Motta são marcadas pela mobilidade e versatilidade dos jogadores na construção de jogo a partir de uma variação com bola em 3-2-4-1 (3-2-5).

É durante o 3+2 em saída de bola que os papéis híbridos dos zagueiros e laterais se tornam mais evidentes. Justamente porque o Bologna varia o posicionamento dos seus jogadores, especialmente dos laterais e um dos zagueiros.

Dentro disto, Thiago Motta utiliza o lateral-direito Stefan Posch (zagueiro de origem) como uma das peças para formar sua saída com três jogadores, enquanto o lateral-esquerdo Victor Kristiansen e o zagueiro Riccardo Calafiori variam entre quem se junta a Remo Freuler no meio-campo. No entanto, a versatilidade tática do Bologna é tanta que em alguns momentos é possível perceber os dois zagueiros na zona de médios em iniciação ofensiva.

Lances de saída de bola do Bologna em que os zagueiros demonstram mobilidade

Mais na frente, os outros dois meio-campistas desempenham funções distintas: Lewis Ferguson circula bastante por dentro e é importante em retomadas imediatas no pós-perda, enquanto Giovanni Fabbian (ou Moro) se projeta e pisa mais na área, aproveitando espaços que Joshua Zirkzee gera por jogar e flutuar muito distante da grande área.

Já os pontas permanecem em amplitude para embates de mano-a-mano e manutenção de posse em uma boa altura de campo. Mas também, como no caso de Riccardo Orsolini (de boas rupturas e boa finalização) realizar movimentos diagonais em direção ao gol explorando as costas das defesas adversárias, em espaços que indiretamente Zirkzee acaba abrindo.

A importância de Zirkzee

Joshua Zirkzee certamente é o melhor e o jogador mais importante do Bologna. O ex Bayern de Munique se desenvolveu bastante desde que se juntou aos Felsinei, se tornando um jogador cada vez mais participativo fora da área e flutuando constantemente nas costas dos volantes adversários. O atacante holandês de 22 anos funciona quase como um falso 9 dentro do sistema ofensivo de Thiago Motta, justamente pela sua influência na circulação ofensiva e presença entre linhas gerando vantagem numérica na faixa central.

No entanto, Zirkzee possui também muitos recursos técnicos e evoluiu muito neste sentido recentemente. É um atacante que possui bom perfil corporal, ambidestria funcional e refino técnico. Tudo isso aliado ao seu bom faro goleador e boa capacidade de finalização nos metros finais. Em 29 jogos por todas competições, ele já anotou 11 gols e deixou seis assistências.

Por mais que seja uma equipe fortemente marcada pelo estilo coletivo, inegável que uma possível vaga na próxima edição da Liga dos Campeões não passe pela influência de Joshua Zirkzee.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista