As características e encaixe de Allan no Flamengo

Após três temporadas no Atlético Mineiro, o volante Allan deixou o Galo rumo ao Flamengo e encontrará ex-técnico Jorge Sampaoli.

Após um início irregular de temporada, o Flamengo começa a se encontrar sob o comando de Jorge Sampaoli. O Rugro-Negro atingiu a marca de 10 jogos sem perder e se colocou no G4 do Brasileirão. Aproveitando o bom momento, a equipe carioca deve ser bastante agressiva na próxima janela de transferência — inclusive já anunciou as chegadas do goleiro Rossi e o atacante Luiz Araujo.

Além da dupla, o volante Allan, que passou as últimas três temporadas no Atlético Mineiro, está muito próximo de acerto com o rubro negro carioca. Já tendo trabalhado com Sampaoli, Allan é um atleta estabelecido em âmbito nacional.

Allan tinha muito peso na saída de bola do Atlético Mineiro. O camisa 29 recuava na linha de zagueiros, onde tinha muito peso na construção, seja em bolas longas ou saindo curto.

Allan tem uma boa visão prévia, girando rapidamente o pescoço antes de receber a bola, mapeando as situações antes da bola chegar ao seu domínio, acelerando a tomada de decisão. Um ponto forte do volante é sua bola longa. Trazendo como exemplo a temporada de 2022, onde teve 58,8% de aproveitamento no quesito, tentando 7,87 passes a longa distância por jogo.

Além do passe mais longo, o volante consegue encontrar bons passes curtos, trabalhando próximo a seus companheiros. Allan tem um bom passe na entrelinha para encontrar os meias. Contudo, possui dificuldade para usar seu pé direito, fazendo com que arrisque menos ao ter seu lado esquerdo mais pressionado. 

Com o Galo sendo uma das principais equipes do país pressionando nos últimos anos, Allan também mostrou boas valências nesse quesito, como: boa velocidade para cobrir áreas grandes do campo (principalmente quando o adversário supera a primeira linha de marcação), reação rápida quando a sua equipe perdia a posse, atacando a bola para recuperá-la ou pressionando o rival para retirar seu espaço.

Outro ponto para ficar atento ao volante, é sua disponibilidade devido a cartões amarelos. No último Brasileirão, Allan terminou tomando 10 cartões. Devido seu estilo de jogo muito combativo, subindo para pressionar o portador da bola, há momentos em que chega atrasado e acaba cometendo algumas faltas. Além disso, tem certa dificuldade em recuperar a posse quando os rivais protegem a bola de costas para ele. 

O encaixe no Flamengo de Sampaoli

Pensando no modelo de jogo do Flamengo, inicialmente vale citar que sua função em saída de bola hoje é executada por Thiago Maia. Na saída em 3 do Flamengo, o volante afunda e fica na linha dos defensores mais aberto pela esquerda. Enquanto o chileno Pulgar fica mais a frente do trio. 

Pulgar é o volante mais responsável por ligar a primeira fase de construção com o ataque, achando bolas longas e passes na entrelinha; enquanto Maia, faz uma função muito mais relacionada a cobertura de Ayrton Lucas pelo lado esquerdo, sendo muito mais um ponto de retorno no passe. 

Por outro lado, Allan consegue repetir o peso com a bola que Pulgar está dando ao Flamengo, mas também tem qualidade para realizar a função de Thiago Maia — inclusive podendo melhorar a equipe com a posse, seja em jogadas curtas ou passes em profundidade. Cabe ressaltar também, que no Atlético Mineiro, o camisa 29 era o responsável por cobrir as subidas do lateral esquerdo Guilherme Arana.

Com a chegada de Allan, o Flamengo terá um dos volantes mais regulares do país e com qualidade suficiente para jogar com os outros jogadores da posição disponíveis no clube, dando a seu treinador um leque maior de opções e acrescentando individualidades capazes de fazer o Rubro-Negro brigar por grandes títulos novamente.

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Últimas Postagens

Guia do Brasileirão: Vitória

Guia do Brasileirão: Vitória

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Vasco

Guia do Brasileirão: Vasco

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: São Paulo

Guia do Brasileirão: São Paulo

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Guia do Brasileirão: Red Bull Bragantino

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Palmeiras

Guia do Brasileirão: Palmeiras

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Juventude

Guia do Brasileirão: Juventude

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Internacional

Guia do Brasileirão: Internacional

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Grêmio

Guia do Brasileirão: Grêmio

Vinícius Dutra
Guia do Brasileirão: Fortaleza

Guia do Brasileirão: Fortaleza

Douglas Batista
Guia do Brasileirão: Fluminense

Guia do Brasileirão: Fluminense

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Flamengo

Guia do Brasileirão: Flamengo

Gabriel Mota
Guia do Brasileirão: Cuiabá

Guia do Brasileirão: Cuiabá

André Andrade
Guia do Brasileirão: Cruzeiro

Guia do Brasileirão: Cruzeiro

André Andrade
Guia do Brasileirão: Criciúma

Guia do Brasileirão: Criciúma

André Andrade
Guia do Brasileirão: Corinthians

Guia do Brasileirão: Corinthians

Douglas Batista