O peso de uma boa saída no tiro de meta no Football Manager

Seja pela estrutura inicial ou pela ação com a bola, o Football Manager se adaptou às novas regras do futebol e, agora, o tiro de meta se tornou uma parte importante dentro do jogo.

Em 2019, a International Board aprovou diversas mudanças nas regras do futebol e uma das mais relevantes foram as mudanças relacionadas com a cobrança do tiro de meta, explicadas aqui no Footure pelos amigos André Andrade (com e sem a posse) e Léo Gomide (as mudanças dentro do Brasileirão). Fiel à realidade, o Football Manager também trouxe a alteração na regra de forma óbvia e o funcionamento das equipes e o impacto na partida campo dentro da sua mecânica é visível e, de certa forma até problemático, na versão 2020 do jogo.

São duas as instruções que ativam a saída curta no tiro de meta: Jogar a Partir da Defesa e Distribuir Para os Defesas Centrais. Se as instruções podem parecer ambíguas num primeiro momento, a função das duas possuem efeitos diferentes: o Jogar a Partir da Defesa é uma instrução coletiva que tem como objetivo encorajar que a bola circule em toda a defesa pelo chão. Quando ativada, ela automaticamente reduz o raio do passe dos jogadores de defesa.

O Jogar a Partir da Defesa altera o passe todo o passe do setor defensivo e, combinada com outras instruções, pode trazer dificuldades para a fluência do jogo desde a defesa.

Já o Distribuir para os Defesas Centrais é uma opção que faz com que o goleiro busque seus zagueiros quando reinicia as jogadas e, diferente do Jogar a Partir da Defesa, ela não causa mudanças no raio do passe dos jogadores de defesa. Se são duas instruções que influenciam o jogo da sua equipe com a bola, é necessário ter o cuidado de escalar jogadores com boa Compostura, Concentração, Antecipação, Decisões e Trabalho de equipe, principalmente para o Jogar a Partir da Defesa funcionar da forma ideal, como no vídeo abaixo.

Com o Athletic Bilbao, testei a opção utilizando o canhoto Iñigo Martínez no lado direito do centro da defesa.
Com atributos capazes e com a característica de Tenta Fazer Passes Longos, o zagueiro é capaz de colocar bolas e encontrar companheiros bem posicionados.

Entretanto, se os jogadores escolhidos não forem os mais adequados e se sua tática não tiver a estrutura e a organização adequada (Jogar a Partir da Defesa com a instrução de Passes Mais Curtos pode tirar a capacidade de sua equipe conseguir ganhar campo de forma efetiva), contando com muitos construtores jogando no centro do meio-campo (construtores e organizador já possuem o efeito de se aproximarem da zona da bola para receber a posse de forma codificada dentro do jogo) e tendo poucos jogadores com a especialidade de explorar o espaço (Médio Área a Área ou Mezzala, por exemplo), o seu time pode não resistir à pressão e sucumbir sem espaço e sem jogadores ocupando posições de forma mais adiantada em campo.

Por isso, utilizar o Jogar a Partir da Defesa junto com o Distribuir para os Defesas Centrais nem sempre é uma boa alternativa para reiniciar o jogo com o goleiro e são várias as alternativas para manter a posse da bola de forma estruturada e organizada durante a saída no tiro de meta.

Com dois construtores em um 4-1-4-1, sendo que o recuado se posicionou entre a defesa e o avançado veio buscar a bola no pé, o congestionamento na saída com a linha defensiva foi suficiente para colocar o Panathinaikos (meu time) em dificuldades.

Uma das soluções é ter um Construtor Recuado e selecionar para o goleiro Distribuir Para Organizador De Jogo, por exemplo.

Assim, na prática, é possível realizar a famosa “saída de três” mesmo jogando com uma defesa de dois zagueiros.

Com Sancet como Construtor de Jogo Recuado na linha dos meias centrais, o mesmo desce até a linha dos zagueiros para iniciar a jogada e tem Muniain, Construtor Avançado, posicionado numa zona mais adiantada num 4-2-3-1.

Como o Football Manager 2020 preza muito pelo equilíbrio da equipe na montagem da tática, o ideal é identificar quais são os jogadores capazes e quais são as instruções que o seu time suporta para ter uma saída otimizada e assim não sofrer com a resposta da inteligência artificial do jogo.

Quer fazer parte do grupo de Whatsapp de Football Manager do Footure? Clique aqui!

Compartilhe

Comente!

Tem algo a dizer?

Renato Gomes

Últimas Postagens

Power in Motion: o projeto de restabelecimento do Dínamo de Moscou
Caio Nascimento

Power in Motion: o projeto de restabelecimento do Dínamo de Moscou

0 Comentários
Em sua primeira final europeia da história, o Villarreal desbanca o Arsenal nas semis da Europa League
Bruna Mendes

Em sua primeira final europeia da história, o Villarreal desbanca o Arsenal nas semis da Europa League

0 Comentários
A coerência no Chelsea de Thomas Tuchel e no City de Pep Guardiola
Lucas Filus

A coerência no Chelsea de Thomas Tuchel e no City de Pep Guardiola

0 Comentários
O que fez Darío Sarmiento chamar a atenção do Manchester City?
Dimitri Barcellos

O que fez Darío Sarmiento chamar a atenção do Manchester City?

0 Comentários
Paul Pogba pode ser o primeiro ‘reforço’ do United para a próxima temporada
Lucas Filus

Paul Pogba pode ser o primeiro 'reforço’ do United para a próxima temporada

0 Comentários
A vez da geração 2004: conheça Matheus Nascimento, Cowell, Sesko e Demir
Caio Nascimento

A vez da geração 2004: conheça Matheus Nascimento, Cowell, Sesko e Demir

0 Comentários
Por que João Pedro é a tábua de salvação para o Cagliari
Caio Bitencourt

Por que João Pedro é a tábua de salvação para o Cagliari

0 Comentários
Biotipo, velocidade de raciocínio e tomada de decisão: o que é a intensidade no futebol
Caio Alves

Biotipo, velocidade de raciocínio e tomada de decisão: o que é a intensidade no futebol

0 Comentários
Knappenschmiede: a histórica forja do Schalke 04 em meio a turbulência existencial do clube
Caio Nascimento

Knappenschmiede: a histórica forja do Schalke 04 em meio a turbulência existencial do clube

0 Comentários
Campeão da Copa do Rei, Barcelona domina o Athletic e busca o doblete
Bruna Mendes

Campeão da Copa do Rei, Barcelona domina o Athletic e busca o doblete

0 Comentários
O que a contratação de Alexandre Gallo pode aportar ao Santa Cruz?
Jonatan Cavalcante

O que a contratação de Alexandre Gallo pode aportar ao Santa Cruz?

0 Comentários
4 histórias para se observar na fase de grupos da Libertadores 2021
Dimitri Barcellos

4 histórias para se observar na fase de grupos da Libertadores 2021

0 Comentários
Raúl Bobadilla e Abel Hernández: conheça os novos centroavantes do Fluminense
Gabriel Corrêa

Raúl Bobadilla e Abel Hernández: conheça os novos centroavantes do Fluminense

0 Comentários
Kayky, Galarza, Nestor, Kaiky, Rodrigo Varanda e o semestre animador dos garotos da base brasileira
Caio Nascimento

Kayky, Galarza, Nestor, Kaiky, Rodrigo Varanda e o semestre animador dos garotos da base brasileira

0 Comentários
As transições da Inter que as deixam na cara do gol (e do Scudetto)
Caio Bitencourt

As transições da Inter que as deixam na cara do gol (e do Scudetto)

0 Comentários